Raki – A caipirinha dos Turcos

Em mais um post da série “Turquia Pop”, hoje vamos falar um pouco sobre o a bebida considerada como um dos símbolo do país, o Raki.

Muito popular entre os turcos, o Raki é considerado a bebida nacional da Turquia e poderíamos comparar a popularidade da iguaria com a da nossa caipirinha. Trata-se de um licor derivado do Arak (espécie de cachaça árabe), produzido a partir de uvas secas ou frescas, aromatizado com sementes de anis em sua composição. Existem também variações que usam figos e ameixas, porém o sabor tradicional ainda é o mais popular. Estima-se que todo ano, 60.000.000 de litros de Raki sejam consumidos em toda a Turquia.

Raki_and_Melon

Acredita-se que a bebida tenha surgido a pelo menos 300 anos. Um dos primeiros relatos históricos do Raki está presente no diário de viagens do famoso escritor turco Evliya Çelebi. No primeiro volume dos 10 que ele escreveu: Istambul e Arredores, publicado em 1630, Çelebi descreve a bebida, apresentada a ele por um dos artesãos apresentados no livro da seguinte forma: “beber uma gota dessa bebida intoxicante é pecado”. Bem, a “propaganda negativa” feita pelo viajante parece não ter surtido um efeito ruim, pois se sabe que já naquela época haviam 300 produtores de Raki, espalhados em 100 lojas na região de Istambul e Bósforo e entre as versões comercializadas estavam o Raki de vinho, banana, mostarda, tília, canela, cravo-da-índia, romã e anisado.

Até a primeira guerra mundial, a bebida era produzida a partir de um mosto de uvas, extraídas da produção de vinho e depois desse período  a uva seca foi introduzida. O anis encontrado nos arredores das cidades de Çeşme e Izmir é o de melhor qualidade, então muitos produtores de Raki procuram as sementes vindas dessa região.

Anis

Anis.

O Raki tem teor alcoólico de 40 a 45%, portanto o consumo deve ser feito em pequenas doses em temperatura ambiente. Existe um copo típico para Raki, semelhante ao da nossa cachaça que é muito utilizado no consumo da bebida pura. Outra forma muito comum de se beber o Raki na Turquia é misturando com água. Em um copo, coloca-se 1/3 de Raki para 2/3 de água. A mistura faz com que a bebida mude de cor, ganhando um tom esbranquiçado, semelhante ao leite, originando o apelido “Leite de leão” ou Arslan Sütü. Os turcos normalmente consomem o Raki acompanhado dos Mezes, aperitivos compostas por Queijo Feta e melão, além de uma seleção de saladas e peixes.

 O Raki é um símbolo cultural na Turquia e quando você tiver a oportunidade de conhecer ou voltar a visitar o país, não deixe de experimentar!